•       Página inicial       Outras Edições
  • Roquetti e Mourão por Olavo de Carvalho

        A Thread

        1. Nunca pensei que um dia leria a verdade no UOL, mas aconteceu. Andre Petros 29 min · Resumo da zona no MEC O Coronel Roquetti apareceu no segundo dia de transição do governo, até se apresentou como aluno do Olavo, e que queria ajudar.

        2. Ele colocou o ministro Velez hospedado em um hotel na base aérea, lá só entrava quem era das FFAA e quem tivesse autorização prévia, Roquetti então começou a fazer a “segurança” do ministro.

        3 e 4. Com a conversa de proteger o ministro, Roquetti começa a afastar as pessoas mais próximas a ele (destaca-se aqui os próximo ao Olavo), entre esses o de maior importância era o cientista político da UnB Antônio Flavio Testa, que havia sido escolhido pelo próprio ministro ao cargo de Secretário Executivo, o segundo cargo mais importante no MEC, foi até noticiado na época - Link: Briga entre futuro ministro e integrantes da transição surpreende técnicos do MEC

        5. Após conseguir puxar o primeiro tapete, Roquetti então pede para ser remanejado de um cargo secundário na CAPES para o gabinete do Velez. E em seguida já conseguiu encaixar o primeiro Cavalo de Troia no ministério – Luiz Antonio Tozi, ligado ao ensino técnico e ao PSDB

        6. , com a desculpa de que era um quadro técnico, e iria ajudar. Cada vez mais Roquetti vai afastando os outros assessores do ministro, determinando que os assessores apenas despachassem com ele (Roquetti), e que somente ele despachasse com o Velez, isolando de vez o ministro.

        7. As reuniões passaram a acontecer com portas fechadas, e dentro da sala somente ele, Velez e Tozi. Assim, por exemplo, foi decidida a questão da carta (diferente do que a mídia propagou, de que os autores eram os alunos do Olavo – MENTIRA).

        8. Assim foram cortando várias das propostas originais do ministro, como acabar com o Conselho Nacional da Educação (uma espécie de soviete que comanda o ministério e que é composto por pessoas ligadas ao MST, ao movimento LGBT, à CUT e a sindicatos de professores).

        9. Com isso, as reclamações contra ele, feitas pelos alunos do Olavo e até ex-alunos do próprio ministro Velez, cresceram. A reclamação era exatamente por conta desse isolamento arquitetado pelo Roquetti.

        10 e 11. O que se agravou após o episódio da carta, pois veio a tona a sensação de boicote perpetrado pelo Coronel Roquetti. Para continuar na sua investidura, e se proteger de uma possível queda, Roquetti começa o remanejamento interno dos assessores, e rifou todo gabinete do ministro, incluindo até o chefe de gabinete. Roquetti então também começa a compor o novo gabinete do ministro, com pessoas ligadas ao PSDB, ou tiradas do gabinete do Secretário Executivo, Tozi.

        12. Isso foi feito na véspera de uma viagem do Vélez por três países que durará 22 dias e deixará o Tozi como ministro em exercício, ficando totalmente responsável pela montagem do gabinete (IMAGINA A MERDA QUE ISSO VAI DAR?!).

        13. Também aconteceu num momento em que lobistas ligadas a universidades especializadas em pegar dinheiro do PROUNI e de outras áreas da Educação começaram a pressionar pelo fim da Lava-Jato da Educação.

        14. O Roquetti foi orientando do Paulo Roberto de Almeida, diplomata que foi exonerado pelo Ernesto esta semana por criticar o chanceler, o Presidente e o Olavo. DESENHANDO, ROQUETTI É O BEBIANNO DO VELEZ!

        1. Três erros pelos quais peço desculpas:
        1) Ter acreditado, nos anos 90, que os militares brasileiros teriam a coragem de reagir na Justiça contra a difamação jornalística das Forças Armadas,
    2) Ter apoiado o general Mourão na sua candidatura à vice-presidência.
    2. 3) Ter apresentado o Coronel Roquetti à Bia Kicis.

        N. B. - Tendo me mandado um beijinho, o general Mourão enviou também recados fofinhos ao Bannon e agora ao Bolsonaro.

    Nota de rodapé:
         (Atualização da matéria 10/03/19 às 10h43)

        A Central de Imprensa Sátira se dá o direito de adequar seus textos quando bem convier, porém, em respeito aos leitores, sempre manterá o artigo original sem alterações para eventuais pesquisas. (Alex Diferolli)
    mais edições
    Os tweets aqui relacionados à TAG #VenezuelaGritaLibertad são a mais pura visão de maldade de aonde o ser humano consegue chegar por causa da ganância. Um povo sofre, um povo clama por ajuda.

    "Daqui em diante nem tudo é realidade"