•       Página inicial       Outras Edições
  • Missão: Matar o Presidente

        Transtorno Delirante

        O laudo, entregue à Justiça no último mês, aponta que o agressor tem a doença chamada transtorno delirante permanente paranoide e, por isso, conforme o documento, foi considerado inimputável. Diz ainda que, em entrevistas com psicólogos e psiquiatras, Adélio Bispo afirmou que não cumpriu sua missão, e que saindo da cadeia irá matar o presidente.

        O procurador da República Marcelo Medina informou que a perícia médica pedida pela Justiça Federal resultou em dois laudos: um psiquiátrico e um psicológico, que divergem entre si. A data é de 15 de fevereiro. Há também divergências em relação ao laudo psiquiátrico particular apresentado pela defesa de Adélio no ano passado.

        Adélio ser considerado imputável (nesse caso, responderá integralmente, enquadrado na Lei de Segurança Nacional ) , semi-imputável (redução da pena em caso de condenação) e inimputável (aplica-se medida de segurança). O laudo deve ser usado pela Justiça para decidir sobre um pedido de análise da sanidade mental de Adélio Bispo apresentado pela defesa. Caso o juiz entenda que o autor da facada não pode ser punido criminalmente, Adélio pode ser levado para um manicômio judicial

    mais edições
    Os tweets aqui relacionados à TAG #VenezuelaGritaLibertad são a mais pura visão de maldade de aonde o ser humano consegue chegar por causa da ganância. Um povo sofre, um povo clama por ajuda.

    "Daqui em diante nem tudo é realidade"