•       Página inicial       Outras Edições
  • O tweet do Presidente que provocou a ira da esquerda

        A reação da esquerda

        Se esqueceram que no dia anterior, o ator Zé de Abreu e o Deputado Federal Rogério Correia (PT/MG) alavancaram a hashtag indecorosa "#bolsonarovaitomarnocu" que atingiu os trends topics mundiais. Várias tentativas dos bolsonaristas em ultrapassar a hashtag feita pelos petistas fracassaram. Bolsonaro se calou e não rebateu a provocação no dia.

        Tão logo Bolsonaro publicou o tweet, o acusaram de falta de decoro e chegaram a cogitar a hipótese de Impeachment e de moção jurícia contra o Presidente baseado na lei 13.718 que tipifica crime publicar, compartilhar, vender imagens e vídeos de sexo, nudez ou pornografia sem consentimento ("da vítima"), ignorando o atentado violento ao pudor por parte dos 2 homens.

        A esquerda precisa de apenas um único pretexto para atacar Bolsonaro. São capazes de enfiar o que defendem como liberdade de expressão e cultural debaixo do tapete como se nunca tivessem defendido ou feito vistas grossas para tal atitude, aliás, como se o que aconteceu no vídeo fosse um ato isolado esquecendo que a internet está lotada de vídeos, fotos e relatos de pelo menos nos últimos 8 anos até hoje. E foi o que o Presidente fez, ao escancarar para todos a tamanha hipocrisia da esquerda ao transformar não só o carnaval, mas todo o páis em promiscuidade a céu aberto.

    mais edições
    Os tweets aqui relacionados à TAG #VenezuelaGritaLibertad são a mais pura visão de maldade de aonde o ser humano consegue chegar por causa da ganância. Um povo sofre, um povo clama por ajuda.

    "Daqui em diante nem tudo é realidade"