•       Página inicial       Outras Edições
  • Gilmar Mendes e seus 62 favores (parte1)

        Imóvel em Portugal
        Jacob Barata, mais conhecido como Rei dos Ônibus, há décadas comanda as empresas de ônibus no Rio de Janeiro, expandiu seus negócios para Portugal. Coincidências à parte, Gilmar Mendes tem sempre em seus destinos de viagem, Portugal, onde adquiriu um um apartamento milionário no bairro Príncipe Real, em Lisboa.
        Segundo o site Antagonista está avaliado em 600 mil Euros (R$ 2,2,606,731.69 milhões em 14de Mar 2019)

        A familia de Jacob Barata e mais 4 grupos, controlam pelo menos 3 empresas rodoviárias. Uma reportagem veiculada em 2013 nas grandes mídias, a Empresa VIMECA, pertencente à família Barata, transporta 25% da população da capital portuguesa, e entre os sócios da VIMECA, aparecem também os proprietários das empresas Jabour e Pégaso que atuam na Zona Oeste do Rio. Outra empresa de propriedade dos Barata é a SCOTTURB, sediada em Caiscais.

        Causa certa desconfiança, encontros entre o empresario e o ministro, como um animado jantar em Portugal e fato de Gilmar ter sido padrinho de casamento da filha de Jacob.
        Mais uma “coincidência” é a de Francisco Feitosa Albuquerque Lima, Presidente da Empresa Auto Viação Metropolitana, cunhado de Gilmar Mendes, na qual mais uma vez, aparece Jacob Barata que detém 2,5% de participação da empresa.

        A esposa de Gilmar Mendes, Guiomar, trabalha como advogada no escritório de Sergio Bermutes, que representa a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio (FETRANSPOR), e tem como presidente Lélis Teixeira, que também foi beneficiado por Gilmar Mendes com um Habeas Corpus.
        Diante de tantas evidências, motivos não faltam para que o ministro se abstivesse de julgar o caso, aliás a suspeição foi solicitada pelo MPF na época, mas foi ignorado.
        Últimos acontecimentos
    ,     O caso Paulo Vieira de Souza, Paulo Preto, ex- diretor da empresa paulista de infraestrutura rodoviária e apontado como operador do PSDB pela Policia Federal. Integrantes da Lava Jato apresentaram a PGR extratos de ligações e conversas entre o Ministro Gilmar Mendes e Aloysio Nunes, que estaria tambem envolvido em corrupção, os representantes pediram a suspeicao de Gilmar Mendes no caso. Após apreciação de Raquel Dodge,este pedido foi negado.

        Seria Gilmar Mendes, um Intocável? Quem poderá pará-lo? Se as leis são um freio para os crimes públicos, como confiar no supremo ministro que as usa para mascarar corruptos?
        Infeliz é a geração cujos juízes merecem ser julgados.

    Nota de rodapé:
         Atualização da matéria 13 de Mar às 22h10.

        A Central de Imprensa Sátira se dá o direito de adequar seus textos quando bem convier, porém, em respeito aos leitores, sempre manterá o artigo original sem alterações para eventuais pesquisas. (Alex Diferolli)
    mais edições

    "Daqui em diante nem tudo é realidade"