Alex Diferolli

O circo montado por Dias Tofolli e Alexandre de Moraes para beneficiar Lula

3 de Mai de 2019 18h58

A censura ao site O Antagonista e à revista Crusoé não passou de manobra para dar legalidade à pleiteada entrevista de Lula

"Balão de ensaio"

Por Adriano Barros, Fabiana Barroso e Alex Diferoli

        Nas últimas semanas o STF (Supremo Tribunal Federal) passou a ser o centro das atenções do debate público brasileiro ao tomar posturas totalitárias, deixando a população brasileira perplexa.
        Primeiro, o presidente da Casa, Dias Tofolli, determinou a instauração de um inquérito para investigar supostos ataques à Corte e fake news sobre o tribunal e seus ministros, o qual Alexandre de Moraes foi nomeado como relator.

        O ministro, que quando advogado, defendeu uma empresa acusada de lavar dinheiro para o PCC (Primeiro Comando da Capital), determinou ainda buscas e apreensões contra pessoas que fizeram uso da internet para atacar a Suprema Corte, além do bloqueio das contas das redes sociais dos investigados. Nos despachos das ordens de busca, Moraes afirma que há indícios de que os investigados cometeram crimes previstos na Lei de Segurança Nacional (LSN), editada durante o regime militar.

        Não bastasse o atentado claro as liberdades individuais dos cidadãos brasileiros, que estão sendo perseguidos por exercer o direito de se manifestar de forma autônoma e espontânea; do ponto de vista legal, o inquérito instaurado pelo STF é uma aberração jurídica, totalmente inconstitucional, pois o STF não pode se transformar num órgão julgador e investigador ao mesmo tempo – são duas funções incompatíveis.

        Mas o ápice do totalitarismo do STF veio quando Alexandre de Moraes censurou a matéria da revista Crusoé com o título “O amigo do amigo de meu pai”, a qual revela um documento da Operação Lava Jato de Curitiba, cujo qual o empreiteiro e delator Marcelo Odebrecht declara ser de Antonio Dias Toffoli, presidente do STF, o apelido “Amigo do amigo de meu pai”. Segundo Marcelo, este codinome era usado pelos executivos da empreiteira para se referir a Toffoli em conversas privadas, trocadas quando o magistrado ocupava o cargo de advogado-geral da União

Sobre o que ocorreu com a Crusoé

(a thread de Fabiana Barroso)

                1 - Matéria pautada em depoimento e e-mail de Marcelo Odebrecht revelando à Lava Jato o codinome usado para se referir a Dias Toffoli na empreiteira.

                2 - O processo está em andamento e a PF pediu esclarecimentos com o maior detalhamento possível dos assuntos lícitos e ilícitos tratados e com a identificação de eventuais codinomes.

                3 - Marcelo referia-se a tratativas que Adriano Maia tinha com a AGU sobre temas envolvendo as hidrelétricas do Rio Madeira. ‘Amigo do amigo de meu pai’ se refere a José Antonio Dias Toffoli”. AGU era Toffoli que era o advogado-geral em 2007.

                4 - Quanto a suposta ilicitude, Marcelo afirma que Adriano Maia poderia esclarecer.

                5 - Foi remetido as autos à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, para que ela avaliasse a possibilidade de abrir inquérito sobre o ministro, por integrar a STF, ele tem foro privilegiado e só pode ser investigado pela PGR.

                6 - É de conhecimento público que Toffoli foi advogado do PT. Com a chegada de Lula ao poder, ascendeu juntamente com os companheiros, se tornando advogado-geral.

                7 - O documento que pautou a reportagem da Crusoé, é um e-mail e um depoimento por escrito de Marcelo.

                8 - 12 de abril o juiz do caso intimou a PF e o MP a se manifestar sobre as declarações prestadas por Marcelo a pedido deles.

                9 - o documento (depoimento com e-mail) de Marcelo foi misteriosamente retirada dos autos.

                10 - o processo é digital, o documento é digital, portanto o alarmismo de que tratam o documento como se não houvesse meio de repor o documento é estranho.

                11 - na verdade, ocorreu o oposto, o “sumiço” do documento causou maior curiosidade e foi amplamente divulgado nas redes sociais.

                12 - o STF, censurou o quê? A reportagem? Mas a decisão de Moraes fez o oposto, a censura teria como objetivo sufocar um e-mail com depois por escrito? Os fatos narrados por Marcelo passaram a ser divulgados não somente pelo Antagonista, mas como por toda mídia e toda rede social.

                13 - a AGU por sua vez, concordou com Moraes, dizendo que os autos não foram remetidos para a jurisdição de Dodge.

Nota de rodapé:
        Atualização da matéria 3 de Mai de 2019 às 23h15

        Esta matéria: Adriano Barros, Fabiana Barroso e Alex Diferolli

        A Central de Imprensa Sátira se dá o direito de adequar seus textos quando bem convier, porém, em respeito aos leitores, sempre manterá o artigo original sem alterações para eventuais pesquisas.

Análise de ID


Principais publicações

LEIA AGORA

O circo montado por Dias Tofolli e Alexandre de Moraes para beneficiar Lula

    A censura ao site O Antagonista e à revista Crusoé não passaram de manobra para dar legalidade à pleiteada entrevista de Lula


LEIA AGORA

Gilmar Mendes e seus intermináveis favores (Parte 4)

    Gilmar Mendes chegou ao Supremo Tribunal Federal, após passar pela Advocacia-Geral da União no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que foi quem o indicou para a corte máxima da Justiça brasileira em 2002


EM BREVE

A indústria da desinformação

    Diante do insucesso em não conseguir impedir a histórica eleição de Jair Bolsonaro, ataques ao presidente e sua família, mantém-se como uma rotina diária da mídia tradicional


LEIA AGORA

Como a esquerda se organiza para derrubar perfis de direita

    Políticos, jornalistas, partidos e atores estão por trás das hashtags ofensivas contra a direita. Saiba também quem são, e como agem os perfis de esquerda para derrubar perfis de direita


LEIA AGORA

Roquetti e Mourão por Olavo de Carvalho

    Após declarações de que seus alunos deveriam abandonar os traidores de Jair Bolsonaro, o Professor e Filósofo Olavo de Carvalho fez uma thread sobre Roquetti respingando em Mourão